Última sessão do legislativo beltronense

por everton publicado 16/12/2020 15h19, última modificação 16/12/2020 15h19
Nesta terça-feira(15) aconteceu o fechamento da sessões ordinárias da atual legislatura.

Nesta terça-feira(15) aconteceu a última sessão ordinária desta atual legislatura. O clima foi de despedida para 10 vereadores, que a partir de 2021 não farão parte da Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão. Ademir Walendolff(PSB), Elenir Maciel(PP), José Carlos Kniphoff(PDT), Léo Garcia(PSC), Lurdes Pazzini(PSDB), Paulo Grohs(PSDB) não se reelegeram. Aires Tomazoni(MDB) e Camilo Rafagnin(PT) concorreram ao cargo de prefeito e vice, mas não foram eleitos. E por fim, Daniela Celuppi(PT) e Evandro Wessler(Cidadania) não se candidataram. Dos atuais vereadores, quem voltará no próximo ano para ocupar uma cadeira são os vereadores Rodrigo Inhoatto(PP), Silmar Gallina(PSDB) e Dile Tonello(PV). Até o último dia, a sessão manteve o mesmo nível de debate e respeito entre os parlamentares.

Nas explicações pessoais, a vereadora Daniela disse que deixa a Câmara, mas não a vida pública. “Eu saio daqui mais madura. Aprendi muito, talvez até mais do que uma faculdade. E lamento não termos elegido nenhuma mulher, independentemente de partido”, disse.

Já a vereadora Elenir se diz agradecida pela oportunidade de ter exercido a função de vereadora, e também, por ter sido a gestora da Câmara, como presidente, por dois anos neste mandato, e dois anos do mandato anterior. “Estarei à disposição dos novos vereadores como conselheira e amiga, porque quero o bem de Francisco Beltrão. Não estou fazendo discurso de despedida, continuarei sendo agente política, reconheço que não ganhamos uma batalha, mas quero continuar representando a nossa população naquilo que for possível”, afirmou.

O presidente José Carlos pediu perdão por alguns comportamentos e ações erradas cometidas contra os vereadores Paulo, Elenir e Lurdes. “Sempre defendi os servidores públicos em todos os conselhos, sindicatos e também na Câmara. Assim será, mesmo fora do legislativo”, disse o vereador. Ele também agradeceu aos servidores do legislativo que deram suporte e segurança para o andamento da Câmara. Por fim, elogiou a economicidade dos gastos públicos na Câmara de Vereadores Francisco Beltrão perante a outras Câmaras do Sudoeste. “Abri as portas para os movimentos como Vem Pra Rua, MBL e Observatório Social, e agi da forma mais transparente possível, sempre pensando no dinheiro da população”, acrescentou.

A vereador Lurdes enalteceu os projetos apresentados na Casa, nos últimos quatro anos, principalmente nos assuntos voltados ao interior e à saúde. Porém, criticou a “covardia” das pessoas nas redes sociais, que segundo ela, foi agredida e difamada pela internet. “Fiquei chateada porque usaram o argumento de que tinham que tirar os mais experientes da Casa, tirar os velhos, para colocar os novos, alegando renovação. Nada contra, mas os novos vereadores já começaram a mentir, porque prometeram para o povo que vão fazer obras, reformas e construções, e vereador não faz, mas indica, faz projetos e requerimentos, porque quem tem o poder de fazer é o prefeito”, finalizou a vereadora.

Agora, o próximo compromisso oficial do legislativo é a posse do prefeito, vice e vereadores para o mandato 2021/2024, que acontecerá no auditório da Unisep, dia 31, às 15h.

Reinaldo Alaor Rodrigues
Reinaldo Alaor Rodrigues disse:
17/12/2020 09h48
INFELIZMENTE,4 anos que se foi,os vereadores levaram o dinheiro do Povo e a População continua na pior,mais 4 anos o Povo vai pagar vereadores...SERÁ que o Povo não viveria melhor sem ter que pagar ALTOS CUSTOS aos vereadores...SE FOSSE fazer uma experiencia,pagar somente um salário mínimo aos vereadores,com ajuda de custos,SERÁ que teria tantos candidatos nas Eleições...ESPERAMOS que reflitam nessa PANDEMIA,não sejam MERCENÁRIOS,o dinheiro compra o remédio,mas não compra a saúde,e caixão,não tem gaveta pra levar dinheiro pra cova.
Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.