Campanha alerta para o respeito às vagas de estacionamento de portadores de deficiência

por everton publicado 29/11/2021 17h53, última modificação 29/11/2021 17h53
O vereador Tiago Corrêa(PSDB) acompanhou o manifesto, representando o legislativo beltronense.

Uma ação de conscientização aconteceu no sábado(27), na travessa Frei Deodato, em Francisco Beltrão, para chamar a atenção da população em geral, quanto a necessidade de vagas especiais nos estacionamentos da área central, para os pais que tenham crianças com algum tipo de deficiência. O vereador Tiago Corrêa(PSDB) representou o legislativo e acompanhou toda a movimentação do local, se colocando à disposição, a fim de se fazer cumprir a lei.

Uma faixa trazia a mensagem “todos querem usar a vaga, mas estar na cadeira de rodas ninguém quer”.

As pessoas com deficiência física (PCD) que necessitam de acessibilidade para ter algum grau de liberdade e mobilidade no dia a dia das cidades, precisam ainda brigar por vagas que, por lei, são suas. Somente podem estacionar nessas vagas, veículos identificados e autorizados pelo órgão de trânsito.

O Estatuto da Pessoa Com Deficiência (Lei nº 13.146, de 6 de julho de 2015) assegura em seu artigo 47. “Em todas as áreas de estacionamento aberto ao público, de uso público ou privado de uso coletivo e em vias públicas, devem ser reservadas vagas próximas aos acessos de circulação de pedestres, devidamente sinalizadas, para veículos que transportem pessoa com deficiência com comprometimento de mobilidade, desde que devidamente identificados.” O parágrafo primeiro do mesmo artigo, define qu essas vagas devem equivaler a dois por cento do total, garantida, no mínimo, uma vaga devidamente sinalizada.

No protesto foram usadas cadeiras de rodas em vagas comuns com mensagens que as mães das crianças com deficiência costumam ouvir. “Não tinha outra vaga disponível”, Já vou sair, não vou demorar” e “Precisei usar, mas já venho”.

Adicionar Comentário

Você pode adicionar um comentário preenchendo o formulário a seguir. Campo de texto simples. Endereços web e e-mail são transformados em links clicáveis.